Existe garantia de retorno do dinheiro aplicado em marketing?

Por Mateus Senne - 31/10/2017

O marketing é muito cobrado por resultados nas empresas, pois com ele, existem promessas de inserção no mercado, aumento de fluxo de clientes, aumento de vendas, lucros e mais uma infinidade de outros indicadores que devem ser aumentados. Porém é bem comum se questionar quando se decide em investir em marketing para a uma empresa:  “Mas o dinheiro que eu vou aplicar, realmente vai gerar algum retorno a curto ou longo prazo?”

 

Para podermos entender melhor essa questão, precisamos analisar o marketing não só como propaganda de atração e vendas. Pode se notar que quando se fala em marketing, a palavra sempre vem acompanhada do termo investir, o que diz já pode dizer por si só onde esse artigo pretende chegar.

 

Como todo investimento, existem riscos que devem ser avaliados, por exemplo, quando aplicamos o dinheiro em nossa conta poupança, não temos certeza que ele vai render 0,5% ao final do mês. Trazendo essa afirmação para o nosso contexto, pode se  dizer que não teremos como garantir que o dinheiro investido em marketing lhe dará o retorno desejado ao final do mês, porque assim como no mercado econômico, existem fatores externos que influenciam os resultados.

 

Retorno sobre o investimento, o ROI

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mesmo sem a garantia do retorno do dinheiro, é sim possível ter uma percepção do que irá acontecer se tudo ocorrer bem ao final do planejamento de uma campanha de marketing. Trabalharemos com o funil de vendas do Marketing digital para compreendermos como podemos realizar uma conta que nos dê uma expectativa concreta do que pode acontecer.

 

Na primeira etapa do funil, a etapa de atração é onde o marketing trabalha atraindo novos clientes, antes dos mesmos se tornarem leads. Nessa etapa, são feitos conteúdos direcionados a pessoas com interesse no que sua empresa tem a oferecer, gerando maior fluxo de procura pelos seus produtos ou serviços.

 

Na etapa de conversão, conseguimos captar os dados de quem realmente está começando a considerar a compra de seus produtos ou serviços, sejam esses dados, e-mails, telefones, etc. Assim, damos início a toda o processo de marketing de relacionamento com os Leads.

 

Após conquistar um cliente é preciso deixa-lo ativo. A fidelização é dedicada aos clientes que já fizeram compras com sua empresa e que voltaram, ou tem o potencial de voltar, se tornando um cliente recorrente. Porém, é na terceira etapa que a mágica acontece: nas oportunidades de venda.

 

Suponhamos a seguinte situação:

 

 

Logo, essa empresa deverá vender 10 unidades de seus produtos por mês para cobrir o valor investido em marketing, e 11 para ter um lucro de 10% sobre investimento. E assim, temos uma maneira de conseguimos supor o retorno sobre o investimento se essa meta for batida todo mês!

 

 

Mas espera aí!

Se essa empresa não vender as 10 unidades, o retorno ainda é garantido?

 

Infelizmente não. Por isso é impossível garantir o tal retorno do investimento que tanto falamos durante esse post. O grande fator no caso do dinheiro aplicado em marketing é a empresa em si, onde na verdade é da porta para dentro que os resultados vão melhorar. Por incrível que pareça, os resultados do marketing não são apenas restritos à equipe que o realiza. É preciso também ter um bom planejamento de vendas dentro de uma empresa para que todo o dinheiro investido no marketing não falhe. Nesse planejamento as metas devem ser claras e ter principalmente uma boa gestão para que o dinheiro investido não vá por água abaixo.

 

O que queremos dizer, é que não adianta o marketing colocar uma multidão na porta dessa empresa, se os processos de venda e atendimento ao cliente não são muito bem definidos, os resultados não vão melhorar. E quando as vendas abaixam, a culpa cai justamente no marketing (setor ou empresa responsável por ele), que na maioria das vezes, realizou sua função como deveria.

Receba nossos conteúdos